LOADING

Digite para buscar

Compartilhe

Rapidez na entrega, foco no ser humano, tecnologia e inovação. Conheça as principais características desse tipo de empresa

Empresa começando, poucos funcionários e muito potencial de crescimento… Pensou em startup? Pode até ter esses ingredientes, mas a definição mais precisa para esse fenômeno que explodiu na última década é um grande modelo de negócio, viabilizado pelas evoluções tecnológicas, para oferecer resultados para diversos setores.

“São empresas cujas propostas de valor têm um grande impacto na sociedade. Não falam em oferecer produtos e serviços, mas uma solução para alguma necessidade, de maneira rápida”, explica Caio Bianchi, coordenador do DB Lab (Digital Business Lab) da ESPM.

Base tecnológica

“Tivemos o ano das fintechs, as startups de soluções financeiras, e observamos a escalada das edtechs (educação) e healthtech (saúde). Em comum, todas elas têm a tecnologia como base, o que dá a capacidade de escalonamento da solução, mas que também dependem da aderência do mercado e do alcance dessa tecnologia.”

Pessoas no centro

Uma característica muito importante das startups que pode ser explorada pelo mercado como um todo, de acordo com o especialista, é o foco no ser humano. “Quanto mais a tecnologia avança, mais se esquece desse aspecto. Porém, essa dinâmica personalizada é muito bem trabalhada pelas startups. Prova disso é o sucesso dos bancos digitais, cujo foco é o calor humano no atendimento.”

Negócio escalável

O Uber é o grande exemplo de startup que encontrou uma fórmula escalável para atender a nichos de mercado. “A ideia de conectar quem dirige a quem precisa de motorista não é nova, porque o radiotáxi já fazia isso há muito tempo”, avalia Bianchi. “A diferença está em romper barreiras: não precisa ter um táxi, não precisa ser taxista e a solução é entregue em grande escala.”

LEIA TAMBÉM:

Como é trabalhar em uma startup

Quiz: o quanto você sabe sobre empreendedorismo e startups?

“Jovens não devem cair no conto do empreendedor”

Tags:
Patrícia Rodrigues

Jornalista colaboradora do #TMJ.

Você vai gostar também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *