7 áreas de atuação para quem se forma em Administração  

“É uma profissão rica, atual, moderna e necessária para todas as organizações”, diz Marcelo Guedes, coordenador do curso de Administração da ESPM

 

De uma empresa convencional a um hospital, passando por escolas de samba e e-commerce de alimentos orgânicos. Essas são algumas possibilidades de atuação para o profissional de Administração. “É uma profissão rica, atual, moderna e necessária para todas as organizações, porque elas precisam de pessoas que gostem de desafios para mudar o que precisa ser restruturado”, diz Marcelo Guedes, coordenador do curso de Administração da ESPM no Rio de Janeiro.

 

Essas mudanças são fruto de incômodos do profissional com o que pode ser melhorado em benefício da empresa, do cliente e da sociedade. Uma pessoa que use as suas inquietudes para transformar as coisas tem o perfil ideal para a profissão, que também pede um indivíduo com bom capital cultural para entender o mundo e remodelar o que é visto. Portanto, a antiga ideia de que o administrador fazia um trabalho mais burocrático não existe, dada a variedade de áreas em que ele pode trabalhar. Veja a seguir.

 

Recursos Humanos
Administração em RH lida com gestão de pessoas e demanda muita sensibilidade do profissional, que precisa estar antenado com os movimentos constantes da sociedade. É um trabalho diretamente relacionado a humanidades e o administrador tem de ter conhecimento e interesse por psicologia, ciências sociais e antropologia, entre outras áreas, que são algumas disciplinas ensinadas na graduação.  

 

Financeiro 

Uma organização depende de um gestor administrativo que tenha noções financeiras, porque ele desenvolve ações diretamente relacionadas à saúde e ao sucesso financeiro da empresa. Saber trabalhar baseado nisso permite conceber projetos de médio e longo prazo. O profissional pondera quais são os impactos e os benefícios das ações da empresa para a coletividade externa e interna. Um exemplo é o que aconteceu com o trabalho em home office na pandemia. Houve empresa que mandou cadeiras de última geração para os colaboradores para garantir o seu conforto no trabalho em casa. 

 

Marketing 

Pode parecer que não, mas a figura de um administrador pensando no marketing de uma empresa é importante, porque ele repensa o business da organização. Esse profissional vai ser o grande líder para avaliar que tipo de produto falta na gama da marca, se um produto precisa mudar a fórmula ou a imagem e se a loja precisa de uma alteração de layout. Isso vem da observação do mercado, de perceber se o cliente está feliz e o que ele quer de novidade. Um fabricante de hambúrguer de carne incluir um produto plant based em sua linha é resultado do olhar do administrador.


Planejamento estratégico
 

Nessa área, o administrador repensa quais são os caminhos de revisão e estratégica em RH, business, vendas, planejamento e operacional. Como lida com projetos, desenha novos caminhos de reposicionamento de marca, desenvolvimento de novos produtos para aumentar a competitividade, menos gastos operacionais e tudo que mude o status quo da empresa. O administrador é o integrador entre diversos setores da empresa e o mercado tem muito espaço para os administradores trabalharem em áreas de gosto pessoal, trazendo o seu hobby para a profissão. Um aficionado por samba, por exemplo, pode atuar em uma escola para aumentar a sua sustentabilidade em períodos fora do Carnaval. 

 

Vendas 

Essa é uma área superquente para o administrador, porque as empresas precisam cada vez mais de pessoas dotadas de conhecimento para lidar com seus processos internos para coordenar projetos de venda. Organizar estratégias como ocorreu na pandemia, de colocar uma marca para comercializar seus produtos no e-commerce, migrar temporariamente delivery e fazer disso um outro braço comercial são atuações do profissional que pensa em como a organização pode chegar no cliente, minimizando os riscos dessa empreitada.

 

Projetos 

O profissional que tem visão geral de toda a estrutura de um projeto tem boa colocação em diversas áreas. Eventos como Olimpíadas e mega shows com vários palcos e atrações, por exemplo, são campo fértil para o administrador, que coordena várias equipes para que tudo funcione corretamente. Ele atua como o maestro da orquestra, cuidando para que nada dê errado e atenda a protocolos e padrões de segurança, entre outros fatores. 

 

Logística 

Entrega rápida é uma das coisas que um cliente mais deseja de um e-commerce e o administrador trabalha para isso, criando uma interface azeitada com a engenharia de produção dos fornecedores para fazer o planejamento operacional. Focado na harmonia de todo o projeto, ele prevê riscos, tem controle do que está acontecendo e trabalha com a imagem do que está sendo vendido. O profissional pensa a longo prazo, como aconteceu com a maior empresa de varejo online do mundo, que começou comercializando livros nos anos 90 e hoje vende até peças de carro. Esse salto se deu porque o administrador entendeu quem os clientes gostariam de poder comprar praticamente tudo sem sair de casa.

 

LEIA TAMBÉM:

Administração: tudo o que você precisa saber sobre a graduação

 

Quiz: testes os seus conhecimentos sobre Administração de Empresas 

Quer ver mais conteúdos do #tmj?

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se gratuitamente em nossa newsletter quinzenal!

Você vai curtir

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER