Ciências Sociais e do Consumo: 5 coisas que você aprende na graduação  

Coordenador do curso de Ciências Sociais e do Consumo da ESPM revela os principais ensinamentos do curso


Quem estuda Ciências Sociais e do Consumo aprende a ver a sociedade e o ser humano de uma maneira distinta e, para isso, é necessária uma ampla gama de conhecimento para entender como as mudanças que acontecem no mundo interferem no estilo de vida das pessoas e vice-versa. Quem opta por essa graduação aprende muito mais coisas que as ciências humanas em si. Para que você entenda melhor como é a graduação, Tiago Andrade, coordenador da graduação em Ciências Sociais e do Consumo da ESPM, explica os 6 temais mais importantes para o aprendizado da profissão.
 


1. Pesquisa

Quem entende como funciona uma pesquisa e aprende como usá-la tem boas oportunidades de trabalhar em empresas nacionais ou multinacionais e institutos. Nessa área existem disciplinas que, de formas diferentes, abordam técnicas e métodos de pesquisa, análise dados, leitura e interpretação de gráficos. Entre os temas estudados estão etnografia (costumes e cultura dos povos), tendências, comportamento do consumidor, análise e visualização de dados e consumer insights (entendimento do consumidor por meio do seu comportamento). 


2. Gestão de diversidade

Trabalhar com diversidade é uma realidade do mercado e da sociedade como um todo, já que há uma demanda da comunidade LGBTQIA+ em diversos segmentos e as empresas precisam de profissionais que tenham conhecimento para lidar com essas questões. As lutas por direitos e as mobilizações das pessoas fazem com que se criem políticas afirmativas como as cotas raciais, mulheres na política, empregabilidade para PCDs (pessoas com deficiência) e igualdade de salário, entre outros. É nesse ponto que a disciplina de gestão de diversidade, que tem como principais pilares a sociologia, a antropologia, o marketing e a gestão, ensina o aluno a pensar em soluções que sejam boas para o consumidor, que ajudem a quebrar barreiras internas da empresa e no gerenciamento de crises.


3. Comportamento humano

O cientista social precisa ter um entendimento do comportamento humano no sentido bem amplo do termo. Por isso ele aprende os principais fundamentos da psicologia e neurociência. Empresas que lidam com consumo e comportamento usam a neurociência, que analisa as dimensões biológicas das reações e ações do ser humano, como recurso de pesquisa. Entender como funcionam o cérebro, as percepções e emoções no corpo permite criar estratégias para impulsionar o consumo. 


4.
Capacidade analítica

Não basta ter conhecimento se o profissional não souber analisar as informações. A disciplina ensina como a inteligência artificial funciona, influencia, amplifica ou modifica o relacionamento humano, permitindo ao profissional refletir sobre a sua melhor aplicação. Outro tema abordado é a geopolítica, que observa o mundo de maneira global e capacita o profissional a entender e refletir sobre como ações que ocorrem em um país distante influenciam a nossa vida. Há também o aprendizado da bioética, que se debruça sobre o tratamento dado à vida humana e animal, permitindo planejamentos que levem em conta a ética dos processos e os impactos de determinadas ações para os seres humanos e os animais.  


5.
Ser um transformador da sociedade

Hoje, o cientista social trata o ser humano como consumidor e o consumidor como ser humano. Assim, um dos seus papeis é mudar a sociedade no mercado e transformar o mercado para que o mundo seja melhor. Ou seja, não destruir, mas sim transformar. O entendimento de que os alimentos plant based (carne feita de plantas) são importantes para o meio ambiente ou que deve-se extinguir a aporofobia (colocação de obstáculos para impedir que pessoas em situação de rua se abriguem debaixo de viadutos ou marquises) na arquitetura de grandes centros urbanos são ações que podem ser fomentadas com o trabalho desse profissional.   

 

LEIA TAMBÉM:

Ciências Sociais e do Consumo: tudo o que você precisa saber sobre a graduação

5 mitos sobre a carreira em Ciências Sociais e do Consumo

Quer ver mais conteúdos do #tmj?

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se gratuitamente em nossa newsletter quinzenal!

Você vai curtir

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER