LOADING

Digite para buscar

Preciso preencher todos requisitos de uma vaga para me candidatar? Orientadora responde

Compartilhe

Adriana Gomes revela um importante segredo sobre processos seletivos: “Poucas pessoas conseguem 100% de aderência”

Experiência mínima de 30 anos, fluência em inglês, espanhol, alemão e mandarim, domínio de ferramentas de edição de imagens e vídeo, conhecimento avançado em programação, flexibilidade, liderança, proatividade, bons modos e disponibilidade para viagens interplanetárias. Exageros à parte, você tem a sensação de que está cada vez mais complicado atender aos requisitos das oportunidades de emprego? Não se desespere! Você não precisa ser o candidato perfeito para ter chances em um processo de recrutamento.    

Temos dois extremos. Temos as pessoas que são superexigentes consigo mesmas – e logo se descartam da possibilidade. E existem os nonsense, pessoas que não tem qualificações nenhuma para aquela vaga e mesmo assim se aplicam”, diz Adriana Gomes, coordenadora nacional da área de Carreira e Mercado da ESPM. “Acho que nem tanto o céu, nem a terra. Temos que ter um meio termo aí”.

De acordo com a especialista, candidatos que atendem ao menos 80% dos requisitos de uma vaga, já tem boas chances de serem convidados para o processo. “Vou contar um segredo como headhunter, poucas pessoas conseguem atingir 100% de aderência a vaga. Se você tem 80% de aderência, pode se candidatar porque é um forte candidato”, afirma a especialista. “Agora, se você não tem nem 30% da demanda da vaga, você, por favor, não aplica. Vai procurar algo que tenha mais aderência com seu perfil, porque as chances de você ser chamado são muito pequenas”.

Mas caso você tenha menos aderência que outro candidato e ambos são chamados para o processo, você terá as mesmas chances de conseguir o emprego? Depende. “Vai variar de qual o perfil da vaga”, afirma Adriana. “Se você tiver mais qualificações técnicas e for uma empresa muito técnica, as chances são mais altas. Se você tem mais competências comportamentais e a empresa valoriza mais essas competências, você tá dentro. Se for ao contrário, muito provavelmente o candidato que tiver mais qualificação com aderência ao perfil da empresa, tem mais chances.”

LEIA TAMBÉM:

5 dicas para mandar bem em entrevistas online

Guia do candidato: confira dicas para se destacar em processos seletivos

5 dicas para lidar com o “não” em processos seletivos

Tags:
Filipe Oliveira

Do clã Kardashian-Jenner a entrevistas com CEOs, até o título mundial do Corinthians. Nessa vida de jornalista já cobri de tudo um pouco: esportes, tv e cinema, agronegócio, tecnologia, negócios, empreendedorismo e setor automotivo. Depois de uma temporada de estudos e aventuras na África do Sul, voltei ao Brasil em busca de um novo desafio. Assim vim parar na equipe que criou e produz o #TMJ.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *