LOADING

Digite para buscar

A arte é um refúgio em meio a tragédia, diz editora do Arte 1

Compartilhe

Gisele Kato conversou com a galera do Quarentena em Pauta sobre a importância da arte em tempos de pandemia

Apresentações na sacada, lives musicais, visitas virtuais a museus e maratonas de séries e filmes. Já pensou como seria passar por esse longo período de isolamento social sem todas essas distrações? Sim, a pandemia de covid-19 evidenciou a importância da arte para os seres humanos.

“Uma das primeiras imagens que a gente tem dessa força da arte e da cultura, e de como podem trazer um certo alento espiritual e poder de conexão neste momento foram as pessoas cantando nas sacadas”, lembra Gisele Kato, editora chefe do canal Arte 1.

A jornalista conversou com a galera do Quarentena em Pauta, série produzida pelos alunos de Jornalismo da ESPM, sobre a arte em tempos de pandemia. “As pessoas estão em casa procurando coisas para fazer e respiros dessas notícias mais duras do dia a dia e da tragédia. A arte vem como reforço, um refúgio dessa nossa rotina”.

Segundo a jornalista, além de entreter, a arte nos ajudar a lidar “com sentimentos internos”. “Vivemos sentimentos um pouco controversos ao longo dos dias de um confinamento. A arte proporciona esse espaço de a gente conseguir acessar essas nossas emoções”.

Confira a entrevista completa no vídeo do Quarentena em Pauta:

LEIA TAMBÉM:

Detox digital: jogos de tabuleiro e quebra-cabeças fazem sucesso na quarentena

Eventos híbridos e valorização do nacional: o ‘novo normal’ da indústria de shows

“Boa publicidade funciona como cultura pop”, diz Rafael Urenha, CCO da DPZ&T

Tags:
Redação #TMJ

Produzido pelo Núcleo de Conteúdo da ESPM.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *