LOADING

Digite para buscar

JPS faz campanha bem-humorada sobre “fake news”

Compartilhe

A maior e mais antiga organização jornalística de advocacia norte-americana resolveu patentear o termo “fake news” para impedir que Donald Trump o use incorretamente

Por Gabriela Fernandes

Embora notícias falsas sempre tenham existido, a disseminação delas nunca foi tão intensa como é nos dias de hoje por conta das redes sociais. O termo “fake news” tem ganhado muita atenção há algum tempo devido às eleições que ocorreram nos últimos anos. Um exemplo disso é o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que usa o termo sempre que ele não gosta de algo que a imprensa diz sobre ele. Isso incomoda vários jornalistas e, por isso, a JPS, a maior e mais antiga organização jornalística de advocacia norte-americana resolveu patentear o termo “fake news”.

No vídeo, a JPS diz que comprou os direitos autorais da expressão para impedir o presidente de usar o termo aleatoriamente. Sendo assim, toda vez que ele utiliza o termo incorretamente, a organização envia a ele uma notificação de infração de direitos autorais.

Como explica um jornalista no vídeo, fake news não são nem consideradas notícias. Portanto, quando o presidente usa o termo para tirar o crédito das notícias, ele está violando direitos autorais. Além disso, o vídeo convida as pessoas a acessarem o site fakenewstm.com que dá dicas de como podemos identificar notícias falsas e mostra o que os jornalistas estão fazendo para combater esses conteúdos.

O caso do presidente dos Estados Unidos foi apenas um exemplo porque, na verdade, a JPS vai enviar cartas para outros usuários que abusarem desse termo.

LEIA TAMBÉM:

Os segredos da Lu do Magalu, primeira influenciadora virtual do Brasil

“O mundo não tem mais espaço para falta de respeito”, diz diretora de marketing da Skol

“Boa publicidade funciona como cultura pop”, diz Rafael Urenha, CCO da DPZ&T

View my Flipboard Magazine.
Tags:
Newronio ESPM

Blog sobre criatividade escrito pelos alunos do Arenas ESPM, agência experimental do curso de Publicidade e Propaganda da ESPM.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *