LOADING

Digite para buscar

Realidade virtual x realidade aumentada: entenda a diferença

Compartilhe

Caio Jahara, CEO da Real2U, e Rafael Camargo, diretor comercial da VR Monkey, debateram essas tecnologias em um painel no Social Media Week São Paulo 2020 – FuTeCH

Realidade Virtual e Realidade Aumentada. Duas tecnologias promissoras que já estão revolucionando algumas indústrias, mas que ainda confundem muita gente. Quer entender melhor cada uma delas? Então confira as explicações de Caio Jahara, cofundador e CEO da Real2U e Rafael Camargo, diretor comercial da VR Monkey. Os especialistas debateram essas tecnologias em um painel no Social Media Week São Paulo 2020 – FuTeCH, mediado por Pedro Teberga, professor do Master em Marketing e Comunicação Digital da ESPM.

Realidade Aumentada

Pokémon Go é um exemplo do uso da realidade aumentada
Pokémon Go é um exemplo do uso da realidade aumentada Foto: Shutterstock

De acordo com Jahara, a realidade aumentada (AR, na siga em inglês) é aquela que ficou popular com o game Pokémon GO e também com os filtros do Instagram. “Quando você está filmando o próprio rosto e o sobrepõe com uma máscara [virtual] ou alguma outra brincadeira, aquilo é uma realidade aumentada”, explicou o CEO da Real2U. “Ela não é uma experiência imersiva. É uma ferramenta que serve para aumentar o mundo que já existe.”

Realidade Virtual  

Realidade virtual é uma tecnologia de imersão usada no mundo dos games
Realidade virtual é uma tecnologia de imersão usada no mundo dos games Foto: Shutterstock

Já a realidade virtual (conhecida pela sigla VR) é uma experiência imersiva que leva o usuário do mundo real para o digital. “Você tem esse aspecto de imersão por meio dos óculos VR, sendo transportado para outro ambiente por meio de um vídeo 360º ou computação gráfica”, explica Camargo, diretor comercial da VR Monkey. Segundo o especialista, essa tecnologia vem sendo aplicada nas áreas de educação, entretenimento e games.

O que vem por aí?

Os especialistas acreditam que essas tecnologias devem ganhar ainda mais popularidade com o lançamento do Oculus Quest 2, novo headset VR do Facebook. “Acho que esse é um avanço muito significativo para a realidade virtual, porque agora você tem um óculos muito bom por US$ 299”, comemorou Caio. “A notícia do Quest 2 é fantástica. Eles têm até a previsão de até 2021 ter um API para uso de realidade aumentada dentro do dispositivo. Todos esses mundos começam a convergir, acho que vai ser o primeiro device a fazer essa experiência nessa escala comercial”, acrescentou Rafael.

LEIA TAMBÉM:

Dos games para o mundo: tecnologias que se popularizam nos videogames

O que são algoritmos e como eles influenciam nossas escolhas

Como a inteligência artificial é usada para encontrar influencers

Tags:
Filipe Oliveira

Do clã Kardashian-Jenner a entrevistas com CEOs, até o título mundial do Corinthians. Nessa vida de jornalista já cobri de tudo um pouco: esportes, tv e cinema, agronegócio, tecnologia, negócios, empreendedorismo e setor automotivo. Depois de uma temporada de estudos e aventuras na África do Sul, voltei ao Brasil em busca de um novo desafio. Assim vim parar na equipe que criou e produz o #TMJ.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *