LOADING

Digite para buscar

6 habilidades que você pode desenvolver programando

Compartilhe

Conheça algumas skills de programadores que podem te ajudar em sua carreira. Raciocínio lógico e mais atenção aos detalhes são algumas delas

Em um mundo cada vez mais conectado e digital, a procura por programadores cresce rapidamente. O que nem todos imaginam é que essa habilidade não é importante apenas para profissionais das áreas de tecnologia. Há quem diga que a programação é o novo inglês, algo que todos terão que aprender no futuro.  

“Ouvi pessoas da psicologia dizerem que nossa área nunca seria afetada pela transformação digital. Mas já temos programas voltados para a seleção de pessoas”, comenta Marcia Marques Portazio, professora da ESPM e orientadora de carreiras. “Se eu estivesse começando agora a minha carreira como psicóloga e fosse para a área organizacional, iria estudar de que forma posso aprender a programar.”

Vantagens de programar

Além de ser desejada por empresas, a habilidade de programar pode render outros ganhos que vão te ajudar em sua carreira. De acordo com Humberto Sandmann, professor do curso de Sistemas de Informação da ESPM, quem programa também:

1 – Desenvolve o pensamento cartesiano: raciocínio lógico para entender melhor as relações de causa e consequência;

2 – Possui uma linha de pensamento mais racional e organizada;

3 – Fica mais atento aos detalhes;

4 – Promove maior organização mental, o que permite traçar passos e estratégias com a finalidade de atingir um objetivo;

5 – Estabelece métodos e consegue fazer uma análise mais detalhada de problemas, entendendo os impactos e a relevância de cada um deles;

6 – Cria ordens de prioridades para gerar senso de entregas.

Quer dar os primeiros passos na programação? Dá uma olhada nesse aplicativo gratuito do Google (disponível apenas em inglês).

LEIA TAMBÉM:

O reconhecimento facial vai acabar com nossa privacidade?

Afinal, o que é uma startup?

O que são algoritmos e como eles influenciam nossas escolhas

Tags:
Patrícia Rodrigues

Jornalista colaboradora do #TMJ.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *