fbpx
LOADING

Digite para buscar

13 jingles que marcaram época no Brasil

Compartilhe

Pouco importa quando você nasceu: certamente conhece os mais antigos – e curte muito os mais novos

Jingles são ferramentas publicitárias poderosas: quando a criação acerta no tom, dificilmente o público escapa de aprender de cor (e até cantarolar) e se mantém vivo por gerações a fio. Mesmo que até as marcas que representam não existirem mais.

Aqui, juntamos 13 jingles de todos os tempos que marcaram época e habitam nossa memória afetiva:

Amoeba

A febre da massinha melequenta lançada no início dos anos 2000 se estendeu também para o jingle.

Bala de leite Kids

Renato Teixeira já havia se tornado famoso, em 1977, por ser o autor de “Romaria”, eternizada por Elis Regina, quando, no ano seguinte, compôs em parceria com  Sérgio Mineiro e Sérgio Campanelli a música que embalou a infância de muitas crianças.

Dolly

Mesmo quem nunca sequer experimentou o refrigerante reconhece a música a quilômetros de distância – e, automaticamente, lembra do personagem verde Dollynho.

Duchas Corona

Lançado em 1978, esse jingle chegou a ser cantado até mesmo em bailes de Carnaval de salão em ritmo de marchinha.  

Johnson’s Baby

https://www.youtube.com/watch?v=RsxxrlTh9cY&feature=emb_logo

O jingle “Cachinhos” é apenas um dos muitos jingles para a linha infantil da marca que o compositor Hélio Ziskind (que criou a primeira música para caminhões de gás e também a canção “Banho é Bom”, do Castelo Rá-Tim-Bum).

Mensagem de final de ano Globo

Não chega a ser um jingle, mas merece a menção. Composta por ícones como Nelson Motta e os irmãos da Bossa Nova Marcos e Paulo Valle, completará 50 anos no ar nas campanhas de final de ano da emissora em 2021!

Pernambucanas

Enorme sucesso dos anos 1960, esse jingle clássico ganhou uma nova versão em 2016:

Pipoca com guaraná

Parte de uma campanha que ainda incluía “pizza com guaraná”, este jingle foi responsável, na época, pelo aumento no consumo não só do refrigerante, mas também da pipoca!

Pôneis malditos

Esse jingle, criado para a campanha do Nissan Frontier, fez tanto sucesso que se tornou até um ringtone para celular bastante baixado no Brasil. Ou seja: melodia chiclete mesmo fora do intervalo comercial…

U.S.Top

No auge da contracultura, e em um país em plena ditadura, o jeans (ironicamente um símbolo da cultura americana) se tornou sinônimo de liberdade – que a marca captou muito bem neste jingle.

Varig

Um dos mais clássicos jingles nacionais, traduzia com emoção o Natal em um tempo em que voar de avião era tão especial quanto um pedido para Papai Noel…

Vasp

Este jingle, criado pelo maestro Theo de Barros em 1972, tem o dom de deixar quem o ouve com uma enorme vontade de pegar um avião.

Versão rock McDonald’s

O clássico “dois hambúegures, alface, queijo, molho especial…”, lançado nos Estados Unidos em 1974, ganhou sua primeira versão brasileira em 1983 – e uma versão hard rock em 2016.  

LEIA TAMBÉM:

11 curiosidades sobre o mundo da publicidade

Quiz: curiosidades sobre a área da comunicação

14 dicas de escrita para redatores e jornalistas

Tags:
Jorge Tarquini

Curador de conteúdo do #TMJ

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *