7 áreas de atuação para quem se forma em Publicidade

Criação em agências, comunicação corporativa, gestão de influenciadores e mais. Coordenador de Comunicação e Publicidade da ESPM indica caminhos para quem se forma na área 

 

“A publicidade está entre as profissões em que o Brasil exporta e na qual os nossos profissionais são absorvidos mundialmente, além de estar entre os melhores do planeta e destacar-se sempre nas primeiras colocações das principais premiações do setor”, avalia Alessandro Souza, coordenador da graduação em Comunicação e Publicidade da ESPM em Porto Alegre (RS). 

 

Mas ela vai muito além dos famosos “comerciais” de sucesso do conhecido Festival de Cannes, por exemplo, sendo altamente estratégica em qualquer tipo e tamanho de negócio — o que amplia ainda mais as áreas de atuação para quem se forma na área. “Com o digital, entre os caminhos promissores estão a gestão das redes sociais, e, mais recentemente, a de influenciadores”, adianta Souza.  

 

Confira os 7 caminhos para quem se forma em Comunicação e Publicidade, lembrando que todos são bem amplos e podem transitar entre si: 

 

1. Criação em agências

Compreende toda a concepção criativa de das campanhas de marcas, tanto on quanto off-line, exigindo capacidade de expressão escrita e/ou visual para trabalhar com redação publicitária, desenvolvimentos e social media (por exemplo), habilidades que são desenvolvidas durante o próprio curso e nas agências juniores. 

 

2. Marketing/Comunicação nas corporações

Pode fazer parte de uma área maior nas organizações, com atuação voltada para desenvolvimento de linhas e produto, embalagens, relacionamento com os públicos, expansão regional, entre outros, além de redação, social media e desenvolvimento digital. Conforme o porte da empresa, pode englobar as áreas comercial e de vendas. 

 

3. Produção de áudio, vídeo e imagem

Os filmmakers podem trabalhar como roteiristas, editores e diretores de cena, produtores de som, fotografia, manipulação de imagem, efeitos de produção e pós-produção, além da concepção, produção e usabilidade de sites e aplicativos (voltados para experiência do usuário, e-commerce etc.).

 

4. Relacionamento/social media

Área que está bastante aquecida, na qual os profissionais realizam as interações das marcas (dentro da própria empresa ou de maneira terceirizada), por meio das diferentes redes sociais, com todos os seus públicos, o que também requer habilidades de comunicação, de expressão e de escrita. 

 

5. Pesquisa e análise de dados

Compreende o entendimento profundo dos indicadores de performance de produto, de digital, de pesquisas de consumo, de comportamento de público, entre outras estratégias, para a tomada de decisões, podendo fazer parte do departamento de marketing ou absorver, ainda, a força de vendas. 

 

6. Gestão de influenciadores

Área novíssima dentro dos canais de mídias digitais, não só para a gestão e budget, mas, principalmente, para a escolha criteriosa dos representantes da marca, quantos e em quais atuações da empresa, para eleger os canais a serem utilizados, tipos e teores de mensagens, quantidades de postagens, traçar os objetivos a serem alcançados, além de avaliar as métricas de desempenho. 

 

7. Empreendedorismo

Além da área de publicidade, permite explorar projetos inovadores em setores e mercados em expansão (como as diferentes techs, em áreas como moda sustentável, agro, mercado pet, por exemplo). 

 

LEIA TAMBÉM:

11 curiosidades sobre o mundo da publicidade

 

Quiz: testes os seus conhecimentos sobre Publicidade

Quer ver mais conteúdos do #tmj?

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se gratuitamente em nossa newsletter quinzenal!

Você vai curtir

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER