LOADING

Digite para buscar

8 fatores que fazem um conteúdo viralizar

Compartilhe

Avaliação do comportamento de 150 milhões de pessoas conclui que existem apenas 8 fatores que levam indivíduos a compartilharem conteúdos que se espalham rapidamente

O que leva uma pessoa a compartilhar um post até ele se tornar viral? Uma promessa de sucesso, status e prosperidade financeira pode ter muito mais chances de viralizar do que um questionamento filosófico ou a divulgação de uma causa social. Entretanto, isso pode mudar porque tudo depende de como as postagens chegam até quem as vê.

James Currier, sócio da NFX, e ex-administrador do extinto site trickle.com, especializado em testes psicológicos, publicou um artigo em que conta como a empresa analisava as motivações humanas para viralizar produtos. O apanhado desse trabalho fez com que o número de usuários da plataforma aumentasse para mais de 150 milhões, fornecendo subsídios para elencar os principais aspectos que levam à viralização. “O que aprendi é que a base do crescimento viral está enraizada na psicologia motivacional e na linguagem”, escreve ele, descrevendo 8 fatores psicológicos que fazem com que a pessoa clique no botão “compartilhar”, disseminando um post em poucos minutos.

1. Status

De maneira geral as pessoas gostam de estar por dentro das novidades, principalmente quando elas espelham prestígio ou exclusividade. Se o post oferece esses atrativos, maior é a chance de compartilhamento. Mas há um pulo do gato nessa jogada, que é brincar com a escassez, como oferecer desconto por tempo determinado ou ingressos em quantidade limitada.

2. Identidade

Um post que reflete a identidade de um grupo, como questões de gênero, tem mais chances de viralizar porque fala sobre uma tribo mal compreendida e discriminada, aumentando as chances de empatia.

3. Utilidade

Quando o assunto parece útil e benéfico para um grupo ou a sociedade de maneira geral, seja uma causa social, um serviço ou produto de qualidade ou mais barato, maiores são as chances de esse conteúdo ser disseminado. Afinal, quando alguém fica satisfeito não pensa duas vezes antes de contar para os outros. Nesse tipo de postagem, a linguagem é fundamental. Vale mais a pena dizer ‘chame o Uber e ele chegará em menos de 5 minutos’ do que ‘use um aplicativo para chamar um taxi’.

4. Medo

Conteúdos que fazem as pessoas se sentirem mais seguras têm boas chances de se tornarem virais. As pessoas querem se sentir protegidas ou ficar a par do que podem fazer ou a quem recorrer caso necessitem de ajuda. O app Nextdoor, por exemplo, conecta vizinhos de 11 países, que residem em 276 mil bairros diferentes. Quem se inscreve na comunidade acessa uma gigantesca rede de conexões entre pessoas, comércio e serviços públicos locais e assim todos sabem o que está acontecendo no bairro.

5. Ordem

Postagens que oferecem ferramentas ou sugerem atitudes para tornar o mundo um lugar mais limpo e organizado sempre têm boa receptividade e são compartilhadas facilmente. Isso porque as pessoas, de maneira geral, querem que o mundo seja um lugar melhor para viver e estão sempre dispostas a espalhar esse tipo de mensagem.

6. Novidade

As pessoas gostam de coisas novas, porque muitos memes e vídeos fofos de gatos ou cachorros se repetem no feed de notícias e isso cansa. Por isso, um influenciador digital precisa ser criativo a ponto de cativar as pessoas, mas também ser cauteloso para não subir um vídeo ou meme que cause estranheza por ser inovador demais. É preciso surpreender sem chocar.

7. Validação

O ser humano gosta de se sentir apoiado, feliz, bem-sucedido e inteligente. Um post que oferece que a uma pessoa a validação de que ela está indo bem nesses quesitos é sempre bem-vindo, pois funciona como uma ferramenta para o indivíduo compartilhar para o mundo essas suas “virtudes”.

8. Voyeurismo

Muita gente quer ser aprovada ao postar o que faz, o que lê ou o que come. Portanto, a receita daquele jantar bacana preparado em casa tem boa chance de viralizar. Mas há o outro lado, que é um grupo de veganos reprovar o risoto a la milanese, porque leva caldo de galinha.

LEIA TAMBÉM:

14 dicas de escrita para redatores e jornalistas

Como escrever um livro? Confira um passo a passo com dicas de um autor

8 dicas para quem quer ser um influenciador digital

Tags:
Redação #TMJ

Produzido pelo Núcleo de Conteúdo da ESPM.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *