fbpx
LOADING

Digite para buscar

Você sabia? 7 curiosidades do mundo da fotografia

Compartilhe

Hoje, qualquer pessoa munida de um smartphone pode fazer quantas fotos quiser, do que quiser – e até mesmo de si, as famosas selfies. Veja alguns cliques que fizeram história

Há não tanto tempo assim, fotos eram coisas para ocasiões especiais. Fosse pelo custo ou pela falta de costume de clicar tudo o que se via pela frente no dia a dia, fato é que a fotografia hoje ocupa um espaço de destaque no cotidiano de qualquer pessoa – ainda mais se tiver em mãos um smartphone.  Aqui, você fica sabendo algumas curiosidades sobre essa verdadeira mania mundial – que aconteceram bem antes do Instagram…

A 1ª fotografia

Foto: Wikimedia Commons

A data é controversa, mas é certo que foi em 1826 que o francês Joseph Nicéphore Niépce dedicou 8 horas para expor a paisagem para captar a imagem considerada a primeira foto – hoje conhecida como “Point de Vue du Gras”, feita da janela de sua casa em Saint-Loup-de-Varennes.

A 1ª pessoa fotografada

Foto: Wikimedia Commons

Infelizmente, não sabemos a identidade dos primeiros seres humanos capturados em imagem – que aparecem discretamente no canto inferior esquerdo da foto conhecida como Boulevard du Temple, feita pelo inventor da fotografia, Louis Daguerre, em 1838. Aparentemente, um senhor estava sendo atendido por um engraxate – e, por precisar ficar parado por algum tempo para a execução do serviço, permitiu que a exposição de 7 minutos ocorresse com perfeição.

A era da imagem no Brasil

O Paço da Cidade, no Rio de Janeiro, é o protagonista da primeira fotografia tirada no Brasil, pelo francês Louis Compte
Foto: Reprodução

No dia 16 de janeiro de 1840, um navio-escola francês aportou no Rio de Janeiro. A bordo, o capelão Louis Compte – que decidiu usar seu daguerreótipo para fazer aquela que seria a primeira foto feita na terra brasilis. E o feito foi registrado pelo Jornal do Commercio: “Finalmente passou o daguerreótipo para cá os mares e a fotografia que até agora só era conhecida no Rio de Janeiro por teoria (…) Hoje de manhã teve lugar na hospedaria Pharoux um ensaio fotográfico tanto mais interessante, quanto é a primeira vez que a nova maravilha se apresenta aos olhos dos brasileiros (…) é preciso ver a coisa com seus próprios olhos para se fazer ideia da rapidez e do resultado da operação. Em menos de nove minutos o chafariz do Largo do Paço, a praça do Peixe, o mosteiro de São Bento (…) se acharam reproduzidos com tal fidelidade, precisão e minuciosidade, que bem se via que a coisa tinha sido feita pela própria natureza, e quase sem a intervenção do artista”.

Selfie de 182 anos

primeira selfie 1
Foto: Reprodução

Para quem acha que é “moderninho” por ter aderido à onda das selfies, uma má notícia: fazer autorretratos era algo comum nos primórdios da fotografia – exatamente por exigir muito tempo de exposição. Assim, os fotógrafos recorriam a si mesmos como modelos para retratos. Foi o caso do químico americano Robert Cornelius que, numa só tacada, é considerado o primeiro a fazer o retrato de uma pessoa, em 1839 – e, por ser ele mesmo o retratado, ela ainda inventou a selfie!

E se fez a cor!

Em 1861, e de modo engenhoso, o físico escocês James Clerk Maxwell e seu assistente Thomas Sutton usaram um método bastante engenhoso para produzir a primeira foto colorida da História. Eles, na verdade, tiraram três fotos distintas do mesmo objeto, utilizando filtros de diferentes cores (verde, vermelho e azul), ao mesmo tempo em que utilizaram lâmpadas com essas mesmas cores em cada clique.  

Imagens mais populares

Se levarmos em consideração o acesso às imagens, certamente a foto que hoje conhecemos como “Bliss” ganha disparado. Não sabe qual é? Uma dica: foi feita em 1996 por Charles O’Rear. Nada? Mais uma dica: retrata uma paisagem do Napa Valley (Califórnia). Dica final: é a imagem de fundo padrão do Windows XP. Ah…

Agora sim…

Agora, se falarmos de imagens icônicas, há três que se destacam em qualquer lista que você pesquisar (apresentadas numa ordem aleatória, sem indicar importância):

Iain Macmillan e o clique icônico dos Beatles atravessando a rua em Abbey Road, em frente ao estúdio onde a banda gravara seu disco, no dia 8 de agosto de 1969. Foram feitos seis cliques – o que foi possível fazer nos breves 10 minutos que teve, já que John Lennon não estava muito feliz com a situação. Reza a lenda que ele teria dito “Vamos tirar logo essa foto e sair daqui. Devíamos estar gravando o disco – e não posando para fotos idiotas”.

Foto: Shutterstock/Imma Gambardella

Já Arthur Sasse era um dos muitos fotógrafos que andavam perseguindo Albert Einstein por toda parte pedindo uma pose – inclusive na noite em que ele havia sido homenageado por seu 72º aniversário. Cansado dessa perseguição dos (ainda não assim chamados) paparazzi, eis que um malcriado Einstein resolve “estragar” os cliques, mostrando a língua. Parece que não deu muito certo esse “experimento”…

Lugares mais fotografados do mundo

Há controvérsias – dependendo da fonte. Mas, ao cruzar dados de pesquisa de sites especializados em viagem com imagens produzidas por viajantes e turistas no Instagram, dá para dizer, com certeza, que estes estão entre “mais-mais”: Paris (Torre Eiffel e Louvre), Londres (Big Ben, London Eye e Tower Bridge), Nova York (Times Square e Empire State), Roma (Vaticano e Coliseu). Já quando o assunto é diversão, os parques da Disney em Orlando, Paris e Japão encabeçam a lista.

LEIA TAMBÉM:

O que é como funciona o fact-checking

5 séries para conhecer o mundo sem sair de casa

Fotógrafos extraordinários e seus registros incomuns do mundo

Tags:
Jorge Tarquini

Curador de conteúdo do #TMJ

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *