LOADING

Digite para buscar

Conheça 4 termos jurídicos populares no mundo da política

Compartilhe

Decoro parlamentar, autos processuais, competência originária e delação premiada. Entenda o significado de cada uma dessas expressões jurídicas

Expressões jurídicas que antes só eram ouvidas em fóruns, tribunais ou lidas em ações e documentos judiciais, ganharam espaço no noticiário político nacional. Basta ligar a TV ou abrir um jornal para dar de cara com uma série de termos técnicos do Direito, como delação premiada e decoro parlamentar. Mas você sabe o que de fato esses termos significam? Confira a seguir em nossa lista com 4 termos jurídicos populares no mundo da política:

Autos processuais

São o conjunto das peças constitutivas de um processo judicial ou administrativo, tais como: petições, contestações, procuração, sentença e recurso.

Competência originária

É a competência para examinar, conhecer e julgar a causa pela primeira vez. Costuma ser dos juízos de primeiro grau, dos juízos monocráticos ou singulares (juízos comuns ou Juizados Especiais Cíveis e Juizados Especiais Criminais.

Delação premiada

Expressão coloquial para colaboração premiada. É o instrumento jurídico pelo qual o investigado ou réu em um processo penal recebe um benefício em troca de sua colaboração com o Estado para evitar a prática de novos crimes, produzir provas sobre crimes já ocorridos ou identificar coautores desses crimes.

Decoro parlamentar 

É a conduta individual exemplar que se espera ser adotada pelos políticos, representantes eleitos de sua sociedade. Fere o decoro parlamentar:

  1. Uso de expressões que configuram crime contra a honra ou que incentivam sua prática;
  2. Abuso de poder;
  3. Recebimento de vantagens indevidas;
  4. Prática de ato irregular grave quando no desempenho de suas funções; dentre outros.

LEIA TAMBÉM:

11 tecnologias que transformaram a área jurídica

8 expressões em latim que todo profissional do Direito precisa conhecer

9 curiosidades sobre o mundo do Direito

Tags:
Luiz Carlos Corrêa

Professor de direito da ESPM e Membro da Comissão de Direito Digital da OAB/SP. Possui Graduação em Direito, Mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental pela Universidade de São Paulo e Doutorado em Direito - Função Social do Direito.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *