3 habilidades fundamentais para o administrador de empresas do presente e do futuro

Coordenador do curso de Administração da ESPM revela importantes skills para gerir equipes e tomar decisões estratégicas para os negócios

 

“O administrador é um maestro que entende que o seu papel é de gestor de projeto empresarial e tem desafios o tempo todo. Em uma era cada vez mais globalizada e sem fronteiras, esse profissional tem de estar atento às tendências para repensar os caminhos de uma empresa”. É o que afirma Marcelo Guedes, coordenador da graduação em Administração da ESPM. O #TMJ bateu um papo com o especialista e preparou uma lista com 3 habilidades fundamentais para os administradores de empresas do presente e do futuro, confira a seguir:

 

Ser um profissional antenado

O administrador tem desafio de entender um novo consumidor, um novo mundo e um novo comportamento organizacional. A sociedade vive em uma grande aldeia digital e esse gestor tem de enxergar o que fazer para adequar a empresa a essa realidade, respeitando as culturas regionais para entender os clientes e o funcionário. Afinal, as empresas estão mudando a forma de trabalhar e organizar o escritório de um jeito diferente, e o gestor é quem orquestra essa adequação.

 

“O administrador nunca teve um papel tão importante para traduzir o comportamento organizacional e o do consumidor, mostrando com seu talento, conhecimento e investimento em estudo como a empresa deve se adequar a isso”, explica Guedes.

 

Atuar como um maestro de sua equipe

Além de visão global e senso de urgência, esse profissional precisa de sensibilidade e humildade para entender que depende de seu time. Ele identifica as necessidades e as prioridades e sabe o que deve ser feito, mas precisa de especialistas para implementar as ações. Segundo Guedes, é como se o administrador fosse um maestro. “O maestro não toca os instrumentos da orquestra, mas sabe o que tem de ser feito para a sinfonia ser harmônica”. Assim ele constitui uma equipe com bons profissionais de recursos humanos, finanças, marketing e estratégias em negócios, entre outras áreas.

 

Ter conhecimento generalista

Para conduzir equipes multidisciplinares, o administrador deve ter conhecimento generalista, que pode ser obtido, por exemplo, por meio da participação em seminários e summits e consumindo conteúdos de consultorias como Ernst & Young, PwC e A.T. Kearney. Além de podcasts, documentários, filmes e séries.

 

“Cabe ao profissional estar sempre atento e deixar para trás aquela noção do administrador que desempenhava um papel burocrático. No futuro, ele vai ser o CEO de uma organização, então é fundamental enxergar tendências como por exemplo as mostradas na série Black Mirror e, principalmente, estudar os fracassos de empresas que não deram certo para não repetir o mesmo erro. Acho que talvez, mais adiante, os cursos de Administração poderiam ter essa disciplina, de análise de insucessos, porque isso oferece um rico material para o profissional”, conclui Guedes.

 

LEIA TAMBÉM:

Quiz: testes os seus conhecimentos sobre Administração de Empresas

 

7 áreas de atuação para quem se forma em Administração  

Quer ver mais conteúdos do #tmj?

Preencha o formulário abaixo e inscreva-se gratuitamente em nossa newsletter quinzenal!

Você vai curtir

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER